VALE do SER – POST I

Em novembro de 2015 fui convidado por Sérgio Veleda e Evânia Reichert a apresentar um Concerto Solo essencialmente autoral, formato evento fechado e jantar incluso, para um público em torno de 60/70 pessoas, num espaço de vivências e formações, espécie de Sitio localizado no Morro Reuter no RS, o Vale do Ser.

O que a princípio poderia ter sido apenas mais uma experiência artística na vida de um músico, revelou-se em algo profundamente marcante e impregnado de uma intensidade e humanidade reveladoras.

Sou profundamente grato a estas pessoas e a esta oportunidade que a partir de agora compartilho com vocês em imagens e sons e num ciclo de várias postagens, recortes deste lindo evento, por intermédio do primoroso trabalho de filmagem por parte de João Ricardo e Lorenzo Telles.

A paisagem sonora resultante é essencialmente orgânica, acústica – som de madeira ressoando na madeira e nas pessoas – e o mais tocante, o som da cachoeira quase ao nosso lado, sempre ali, encostadinha a mim fazendo sua maravilhosa ambientação!

Os dedos tocam, a alma sente!