Sobre os ‘Enquantos’ da ‘Voz com o Violão’

A cantora paulista Monica Salmaso, ao comentar sobre o modo como concebe o canto e consequentemente o seu canto na canção, estabelece um parâmetro curioso de sua postura como intérprete: a do “músico que se mistura com o seu instrumento”.

VALE do SER JANTAR CONCERTO PARTE VII

A micro-suíte Litham registrada neste vídeo é inspirada nas burcas* marroquinas retratadas numa litografia do artista plástico gaúcho Danúbio Gonçalves, também tema do Documentário sobre sua vida e obra, "Aos Grandes Mestres - Danúbio Gonçalves" (2010) do Diretor de cinema Henrique de Freitas Lima.  Litham também é um desdobramento da trilha sonora originalmente composta por mim para este documentário média metragem.

VALE do SER JANTAR CONCERTO PARTE VI

Balagulá, xibimba. Esta canção tem um significado enorme no projeto multimídia "Tamburilando Canções - Violão com Voz", por também ser a canção que virou Clip e foi premiada no festival espanhol Premio Cl’hips em L’Hospitalet de Llobregat, Barcelona, o qual foi rodado em Montevideo (UY) no planetário Agrimensor Germán Barbato, em 2012 com direção de Gastón Rodriguez Aroztegui e co-direção e fotografia de Diego Sapienza.

VALE do SER JANTAR CONCERTO PARTE V

Fazendo Hora é um tema instrumental originalmente composto para formação de Duo - Violão com Acordeão.  Desde seu registro no álbum Identidades (2002) gravado juntamente com o acordeonista suíço Olivier Forel, já apresentei este tema em diversos formatos. Além do duo com acordeão, também em trio (violão com flauta e contrabaixo acústico), e em duos (violão com flauta) e (violão com piano).
,

VALE do SER JANTAR CONCERTO PARTE IV

Inspirada na obra "Os girassóis na ventania" do escritor Marco de Curtis, e da junção de 02 vinhetas criadas a partir desta obra - "Girassóis na ventania" e "Beijos de borboleta" - ambas utilizadas numa intervenção cênica junto a este autor é que surgiu esta nova canção "Moendy Iraîty" que em tupi antigo significa "acender a vela".

VALE do SER JANTAR CONCERTO PARTE III

A milonga é um gênero musical normalmente tocado com o violão de seis cordas, também conhecido como Violão de Payadas. Neste Jantar Concerto, apresentei uma em homenagem ao meu pai que compus e arranjei num instrumento totalmente atípico - o Ukulelê

VALE do SER JANTAR CONCERTO PARTE II

Dando prosseguimento às postagens do Jantar Concerto Tamburilante no Vale do Ser em novembro de 2015 no Morro Reuter (RS), segue aqui outra canção apresentada no repertório: a KOTHBIRO, canção tradicional Luo registrada originalmente pelo músico e compositor kenyano AYUB OGADA, arranjada por mim no formato Violão com Voz inicialmente para violão de seis cordas e posteriormente para Violão de 7 com Voz. As primeiras notas executadas no violão e na gravação original de Ogada sugerem o som das gotas da chuva chegando. A canção consta também na trilha sonora do filme "O jardineiro fiel" (2005).

VALE do SER JANTAR CONCERTO PARTE I

Em novembro de 2015 fui convidado por Sérgio Veleda e Evânia Reichert a apresentar um Concerto Solo essencialmente autoral, formato evento fechado e jantar incluso, para um público em torno de 60/70 pessoas, num espaço de vivências e formações, espécie de Sitio localizado no Morro Reuter no RS, o Vale do Ser.

Bebeto Alves

Bebeto Alves: “Deslocado”, “Descolado” e Mandando Lenha Texto Felipe Azevedo* Fotos: André Feltes Nos últimos meses, o Brasil e o mundo têm presenciado acontecimentos cruciais em embates, catástrofes, injustiças e desenlaces…

Violão com Voz NÃO É violão de acompanhamento!

A tridimensionalidade nas canções populares é possível? Uma proposta de arranjo e criação de canções Felipe Azevedo[1] *Texto originalmente publicado em formato bilíngue na seção anexos do livro-cd "Tamburilando Canções"   Em…